Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Agentes comunitários de saúde poderiam ter papel central no enfrentamento da pandemia

  • Publicado: Quarta, 12 de Agosto de 2020, 12h17
  • Acessos: 224

O Brasil conta com mais de 286 mil agentes comunitários de saúde integrados ao programa nacional de atenção básica à saúde. Esses profissionais formam uma estrutura altamente capilarizada, capaz de atender 75% da população – ou a parcela mais carente, que não possui plano de saúde privado e vem sendo mais impactada pela pandemia.

“Já em março, pesquisadores do Imperial College London apontaram o Brasil como forte candidato a dar uma boa resposta à pandemia. De acordo com eles, o enfrentamento com base nas ações, estrutura e na capilaridade dos agentes comunitários poderia servir de exemplo para outros países. Mas não foi o que aconteceu. Não houve um plano nacional e os agentes comunitários só passaram a ser considerados trabalhadores essenciais para o controle da doença agora em julho. Como nem sequer eram considerados profissionais de saúde, não receberam equipamento de proteção individual, para citar um exemplo”, diz Gabriela Lotta, pesquisadora do Centro de Estudos da Metrópole (CEM).

O artigo Community health workers reveal COVID-19 disaster in Brazil, de Gabriela Lotta, Clare Wenham, João Nunes e Denise Nacif Pimenta, pode ser lido em The Lancet.


Fonte:

Agência FAPESP

registrado em:
Fim do conteúdo da página