Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Dicas em Saúde > Febre reumática
Início do conteúdo da página

Insuficiência renal aguda

Publicado: Sexta, 11 de Setembro de 2015, 12h00 | Acessos: 29965

Insuficiência renal é a condição na qual os rins perdem a capacidade de efetuar suas funções básicas. A insuficiência renal pode ser aguda (IRA), quando ocorre súbita e rápida perda da função renal, ou crônica (IRC), quando esta perda é lenta, progressiva e irreversível.

Além de eliminar resíduos e líquidos do organismo, os rins executam outras funções importantes:
- regulam a água do organismo e outros elementos químicos do sangue como o sódio, o potássio, o fósforo e o cálcio;
- eliminam medicamentos e toxinas introduzidos no organismo;
- liberam hormônios no sangue.

Esses hormônios:

- regulam a pressão sangüínea;
- fabricam células vermelhas do sangue;
- fortalecem os ossos.

Insuficiência renal aguda: ocorre quando há alguma lesão nos rins provocando rápida queda nas suas funções.

Principais causas:

- choque circulatório;
- sepse (infecção generalizada);
- desidratação;
- queimaduras extensas;
- excesso de diuréticos;
- obstrução renal;
- insuficiência cardíaca grave;
- glomerulonefrite aguda (inflamação nas unidades filtrantes do rim, chamadas glomérulos).

Vários medicamentos são tóxicos para os rins, podendo levar à insuficiência renal aguda, dentre eles:

- antiinflamatórios;
- antibióticos;
- alguns quimioterápicos;
- contraste à base de iodo para exames radiológicos.

A recuperação da insuficiência renal aguda depende de vários fatores, entre eles, idade, associação com outras doenças e função renal prévia antes da lesão. Alguns recuperam a função completamente, outros ficam com função permanentemente abaixo dos níveis normais e há ainda aqueles que nada recuperam, ficando dependentes de hemodiálise para o resto da vida.

Qualquer pessoa que apresente alguma agressão renal pode vir a ter insuficiência renal aguda, mas ela é mais comum e mais grave quando ocorre em pacientes com doença renal prévia.

Prevenção:

Algumas medidas simples podem prevenir o aparecimento de doenças renais:

- controlar a dieta: evitar o excesso de sal, carne vermelha e gorduras;
- evitar excesso de peso;
- fazer exercícios regularmente;
- não fumar;
- controlar a pressão arterial e o diabetes.

Além disso, é necessário fazer uso adequado de medicamentos, evitar remédios que agridam os rins, verificar periodicamente a saúde dos rins por meio de exames, consultar regularmente seu clínico e nefrologista. Pacientes idosos, portadores de doença cardiovascular e pacientes com história de doença renal em familiares têm grande potencial para desenvolver lesão renal e devem ser investigados com triagem de exames de urina e de sangue.


IMPORTANTE: Somente médicos e cirurgiões-dentistas devidamente habilitados podem diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. As informações disponíveis em Dicas em Saúde possuem apenas caráter educativo.

Dica elaborada em novembro de 2.011.

Fontes:
MD Saúde
Sociedade Brasileira de Nefrologia

registrado em:
Fim do conteúdo da página