Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Dicas em Saúde > Doença mão-pé-boca
Início do conteúdo da página

Envelhecimento saudável

Publicado: Terça, 29 de Dezembro de 2020, 12h25 | Acessos: 117

Viver por mais tempo é um desejo que todos têm e, acima de tudo, viver com saúde, qualidade, liberdade e facilidade, aproveitando melhor a vida depois dos 60 anos.

Saber envelhecer é um aprendizado que começa desde criança tendo hábitos saudáveis de vida que devem ser mantidos por toda a vida. Saber envelhecer é também uma luta de todo dia por fazer valer o direito de cidadania.

A “velhice” não é uma doença e sim um processo normal do desenvolvimento que acarreta mudanças no organismo do indivíduo. Dependendo de uma série de fatores, essas mudanças poderão ocasionar algumas doenças ou problemas de saúde. Até hoje ninguém descobriu uma pílula que possa impedir esse processo.

Estudos demonstram que a partir dos 40 anos de idade, aproximadamente, o corpo humano já começa a apresentar alguns sinais de “desgaste”. O organismo vai se tornando mais lento em suas reações, ocorrendo uma diminuição da capacidade funcional.

Prevenção é sempre o melhor caminho!

Exercícios fazem bem para o corpo e para a alma:

Aumentam a segurança nas tarefas diárias e combatem a depressão. As juntas ficam mais flexíveis. Os músculos mais resistentes. Os ossos, mais rígidos. Ajudam a combater obesidade, diabetes, colesterol e pressão alta, diminuindo o risco de doenças do coração.

Evite exercícios pesados ou esportes coletivos, como futebol. Caminhada, exercícios na água, dança, alongamento, são os mais indicados, porém, é recomendável buscar orientação de um profissional de saúde antes de iniciar um programa de atividades físicas.

Exercitar a mente também é muito importante:

O cérebro é como os músculos, se não exercitar, ele não se desenvolve. Portanto, aqui vão algumas dicas para exercitar a memória:

- faça palavras cruzadas, dando preferência as de fácil execução;
- faça um lista de compras e guarde-a na bolsa. Tente comprar tudo sem consultar a lista e depois compare para ver se faltou alguma coisa;
- mantenha hábitos afetivos saudáveis, ou seja, namore, curta os amigos e a família;
- participe de jogos que envolvam raciocínio;
- leia pelo menos as manchetes de um jornal diariamente e comente com alguém;
- mantenha-se ativo fazendo trabalhos manuais, visitas, cursos, etc;
- anote tudo que for importante em um caderno ou agenda, para não esquecer;
- procure não se isolar. A solidão pode levar ao desânimo e a depressão;
- frequente grupos de convivência, clubes ou grupos de universidades.

Alimentação saudável é fundamental para que corpo e mente se mantenham ativos. Pessoas com doenças como diabetes e colesterol alto (gordura no sangue), precisam de dietas especiais e devem consultar um médico. O consumo de muitas frutas frescas, vegetais, legumes e grãos, principalmente, integrais, deve ser incentivado.

- evite sal em exagero, temperos industrializados, gorduras de origem animal (banha, sebo, toucinho) e frituras.
- use à vontade temperos naturais (alho, cebola, ervas como salsa, manjericão, coentro etc).

Dormir é fundamental para o descanso do corpo e da mente. Faz parte dos hábitos saudáveis que todos devemos ter.

- procure não fazer uso de produtos com cafeína, como café, chá, refrigerantes a base de cola, cigarro e álcool próximo do horário de dormir;
- as refeições devem ser feitas,de preferência, até duas horas antes de dormir, evitando beber grande quantidade de líquidos;
- usar a cama e o quarto somente para dormir ou para atividades íntimas. Quando estiver na cama, relaxar e ter pensamentos agradáveis;
- acordar todos os dias no mesmo horário, inclusive nos finais de semana. Se tiver sonecas durante o dia, procure fazê-las antes das 15 horas e por no máximo uma hora.

A higiene do corpo é uma prática de auto cuidado de saúde e deve ser um dever de todos nós. Os hábitos higiênicos estão entre os principais requisitos para uma vida saudável, permitindo uma sensação de bem-estar e conforto.

- um bom banho de chuveiro diário, com água em abundância, é um grande aliado para manter a saúde do corpo;
- a higiene das mãos é muito importante. Afinal, estamos constantemente manuseando alimentos, que podem ser contaminados. Elas devem estar sempre limpas e as unhas, sempre aparadas, para que a sujeira não se acumule sob elas;
- depois de usar o banheiro, lembre-se de lavar as mãos com sabonete (ou sabão) evitando contaminações.

O envelhecimento não é doença, mas é fundamental prestar atenção aos sinais do corpo e visitar o serviço de saúde para consultas, exames e realização de vacinas, periodicamente.


Cuidados importantes para evitar quedas
:

- evitar tapetes soltos. Utilizar tapete antiderrapante no banheiro;
- escadas e corredores devem ter corrimão do dois lados;
- usar sapatos fechados com solado de borracha, que não escorregam;
- não andar em áreas com piso molhado, irregular ou muito liso;
- não encerar o piso de casa;
- evitar móveis e objetos espalhados pela casa;
- deixar uma luz acesa à noite para o caso de precisar se levantar;
- manter o telefone em local acessível;
- se necessário, usar bengalas, muletas ou instrumentos de apoio;
- utilizar sempre a faixa de pedestre;
- esperar que o ônibus pare completamente para subir ou descer.


Conheça alguns direitos das pessoas idosas:

- direito a acompanhante em caso de internação ou observação em hospital;
- direito de exigir medidas de proteção sempre que seus direitos estiverem ameaçados ou violados por ação ou omissão da sociedade, do Estado, da família,
de seu curador ou de entidades de atendimento;
- desconto de pelo menos 50% nos ingressos para eventos artísticos, culturais, esportivos e de lazer;
- gratuidade no transporte coletivo público urbano e semiurbano, com reserva de 10% dos assentos, os quais deverão ser identificados com placa de reserva;
- reserva de duas vagas gratuitas no transporte interestadual para idosos com renda igual ou inferior a dois salários mínimos e desconto de 50% para os idosos que
excedam as vagas garantidas;
- reserva de 5% das vagas nos estacionamentos públicos e privados;
- prioridade na tramitação dos processos e procedimentos na execução de atos e diligências judiciais;
- direito de requerer o Benefício de Prestação Continuada (BPC), a partir dos 65 anos de idade, desde que não possua meios para prover sua própria subsistência ou de tê-la provida pela família;
- direito a 25% de acréscimo na aposentadoria por invalidez (casos especiais).


Legislação relacionada:

Estatuto do Idoso: Lei nº 10.741/2003

Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa: Portaria de Consolidação GM/MS nº 2/2017 - Anexo I do anexo XI

Canais de atendimento ao idoso:

Telefone: Disque 100
E-mail: disquedenuncia@sedh.gov.br
Site: www.disque100.gov.br


IMPORTANTE: Somente médicos e cirurgiões-dentistas devidamente habilitados podem diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. As informações disponíveis em Dicas em Saúde possuem apenas caráter educativo.

Dica elaborada em dezembro de 2020.


Fontes:

Grupo Hospitalar Conceição. Promoção do envelhecimento saudável: vivendo bem até mais que 100! Orientações sobre hábitos de vida saudáveis (Porto Alegre)

Ministério da Saúde. Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa

Ministério da Saúde. Um guia para viver mais e melhor

registrado em:
Fim do conteúdo da página