Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2012 > IS nº 02 > SERVIÇOS DE SAÚDE
Início do conteúdo da página

CUSTOS HOSPITALARES

Publicado: Quarta, 13 de Maio de 2015, 11h30 | Acessos: 1527

DESPERDÍCIO; HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

031
CASTILHO, Valéria et al. Levantamento das principais fontes de desperdício de unidades assistenciais de um hospital universitário. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 45, n. esp., p. 1613-1620, 2011. Disponível em Scielo

Este estudo teve como principais objetivos levantar os diferentes tipos de desperdício, suas causas e sugestões para eliminá-los, segundo a opinião de profissionais de enfermagem e médicos atuantes em unidades de Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Pediatria, Alojamento Conjunto e Berçário; e estimar o custo da principal fonte de desperdício nessas unidades. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, com abordagem quantitativa realizado no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. A amostra foi constituída por 189 profissionais de enfermagem e médicos. O desperdício relacionado aos materiais (36%) foi o mais apontado por todas as categorias profissionais seguido pelo desperdício de estrutura física (27%). Os materiais desperdiçados mais citados foram os medicamentos, pacotes de curativo, papel sulfite e dispositivos de infusão. O custo do desperdício anual com materiais nas unidades estudadas pode girar em torno de R$ 479.262,86.

Fim do conteúdo da página