Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2013 > IS nº 01 > HÁBITOS ALIMENTARES
Início do conteúdo da página

HÁBITOS ALIMENTARES

Publicado: Terça, 12 de Maio de 2015, 14h18 | Acessos: 2193

EDUCAÇÃO NUTRICIONAL

009
TEIXEIRA, Pryscila Dryelle Sousa et al. Intervenção nutricional educativa como ferramenta eficaz para mudança de hábitos alimentares e peso corporal entre praticantes de atividade física. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 18, n. 2, p. 347-356, fev. 2013. Disponível em Scielo

O presente estudo avaliou a eficácia de dois métodos de intervenção nutricional educativa entre mulheres praticantes de atividade física regular visando à adoção de práticas alimentares saudáveis. A população foi constituída de 52 mulheres de 19 a 59 anos, frequentadoras do Programa Academia da Cidade (Aracaju, SE). O estudo teve delineamento de comparação de dois grupos de intervenção e foi do tipo pré-teste/pós-teste. As ações educativas foram baseadas em dois protocolos, uma com ação menos intensiva (Grupo P1) e outra mais intensiva (Grupo P2), num período de dois meses. As variáveis analisadas foram as de conhecimento nutricional, medidas antropométricas e mudanças nos hábitos alimentares. As modificações identificadas foram melhora nos hábitos alimentares e redução do peso e Índice de Massa Corpórea para o Grupo P2. As modificações citadas referiram-se, principalmente, ao aumento do consumo de frutas, verduras e legumes, redução de gordura das preparações, redução do volume do alimento ingerido por refeição e aumento do fracionamento da dieta. Em relação aos conhecimentos em nutrição apenas 2 das 12 perguntas apresentaram aumento significativo da nota. A intervenção nutricional mais intensiva mostrou-se eficaz para mudanças de hábitos alimentares com repercussão na perda de peso corporal.

Fim do conteúdo da página