Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

PESQUISA EM ENFERMAGEM

Publicado: Terça, 12 de Maio de 2015, 14h26 | Acessos: 1481

CONDIÇÕES DE SAÚDE; POPULAÇÃO VULNERÁVEL

016
MARZARI, Carla Kowalski et al. Realidade sociopolítica, ambiental e de saúde de famílias pertencentes a uma comunidade vulnerável. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro,v. 18, n. 1, p. 77-84, jan. 2013. Disponível em Scielo

OBJETIVO: Conhecer a percepção de lideranças, profissionais de saúde e usuários acerca da cidadania e melhoria das condições de saúde de famílias pertencentes a uma comunidade vulnerável. MÉTODO: Estudo exploratório, de caráter qualitativo, orientado pela teoria fundamentada nos dados. Os dados foram coletados entre julho e dezembro de 2009, mediante entrevistas com quatro lideranças comunitárias de saúde, oito profissionais de uma equipe de saúde da família e doze usuários da saúde. RESULTADOS: A codificação dos dados resultou nas categorias: Compreendendo as Condições sociais, as Condições políticas, as Condições ambientais e as Condições de saúde de famílias de uma comunidade vulnerável. CONCLUSÕES: Se por um lado as políticas de seguridade social e de saúde possibilitaram a redução da pobreza e das desigualdades locais, por outro lado, não garantem a necessária expansão da cidadania e nem mesmo a melhoria das condições de saúde.

Fim do conteúdo da página