Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2013 > IS nº 02 > EDUCAÇÃO SUPERIOR
Início do conteúdo da página

MEDICINA TRADICIONAL INDÍGENA

Publicado: Terça, 12 de Maio de 2015, 15h05 | Acessos: 2463

POLÍTICAS PÚBLICAS; SAÚDE INDÍGENA

045
FERREIRA, Luciane Ouriques. A emergência da medicina tradicional indígena no campo das políticas públicas. História, Ciências, Saúde: Manguinhos, Rio de Janeiro,v. 20, n. 1, p. 203-219, jan./mar. 2013. Disponível em Scielo

Trata o surgimento da medicina tradicional indígena como objeto de discurso no campo das políticas públicas de saúde indígena. Os sentidos que nesse campo informam a noção de medicina tradicional indígena são diversos e constantemente revisados e/ou criados em situações dialógicas concretas, o que lhes confere caráter emergente. Se os discursos oficiais usam o poder de nomear para conceituar as medicinas tradicionais, as falas indígenas remetem a saberes e a práticas de autoatenção inscritos em contextos locais particulares. As políticas públicas são apropriadas e indigenizadas pelos povos indígenas, adquirindo novos sentidos e influenciando a reorganização sociocultural do cuidado com a saúde.

Fim do conteúdo da página