Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2013 > IS nº 02 > ALEITAMENTO MATERNO
Início do conteúdo da página

NECESSIDADES E DEMANDA DE SERVIÇOS DE SAÚDE

Publicado: Terça, 12 de Maio de 2015, 15h08 | Acessos: 4085

ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE; ACESSO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE

046
SANTOS, Tatiana Vasques Camelo dos; PENNA, Cláudia Maria de Mattos. Demandas cotidianas na atenção primária: o olhar de profissionais da saúde e usuários. Texto & Contexto: Enfermagem, Florianópolis, v. 22, n. 1, p. 149-156, jan./mar. 2013. Disponível em Scielo

Estudo de caso qualitativo fundamentado na Sociologia Compreensiva do Cotidiano, com objetivo de descrever as situações diárias que demandam a utilização dos serviços de saúde a partir das perspectivas de usuários e profissionais de saúde. Foram entrevistados 15 profissionais e 17 usuários de três unidades de Equipe Saúde da Família de um município do Estado de Minas Gerais, a partir de um roteiro de perguntas abertas. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo. Constatou-se que as demandas resultam da conjugação de fatores sociais, individuais e culturais prevalentes na população. Os atendimentos ocorrem a partir da demanda espontânea dos usuários e, para os profissionais, o interesse que se apresenta é por consulta, geralmente médica, com encaminhamento para especialistas e distribuição gratuita de medicamentos. Esses achados apontam que o cuidado em saúde precisa transcender o corpo biológico e compreender outras dimensões que compõem o cotidiano dos usuários em busca da resolutividade.

Fim do conteúdo da página