Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2013 > IS nº 04 > REDUÇÃO DE DANOS
Início do conteúdo da página

INFECÇÃO HOSPITALAR

Publicado: Terça, 12 de Maio de 2015, 16h53 | Acessos: 1388

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA; SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

106
NOGUEIRA JUNIOR, Cassimiro et al. Caracterização dos sistemas de vigilância epidemiológica das infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS) no mundo e desafios para o Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 30, n. 1, p. 11-20, jan. 2014. Disponível em Scielo

A formação de sistemas de vigilância de infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS) é medida essencial para o planejamento de ações de prevenção e controle. No mundo, importantes modelos estão sendo implantados nas últimas décadas. Este estudo busca apresentar os aspectos históricos e operacionais desses sistemas, discutindo os desafios para o Brasil. Os modelos internacionais se espelham no exemplo americano, pioneiro nesse processo. No Brasil, diversas iniciativas foram e estão sendo estabelecidas, entretanto, não temos um pleno sistema nacional de informação sobre IRAS, o que aponta a necessidade de reconhecer estratégias em vigência, fortalecendo o Estado como elo de comunicação; buscando um plano nacional para a formação de equipes de vigilância com aparato tecnológico necessário, e discutindo a atualização das legislações que já não contemplam os desafios atuais de tais ocorrências. Essas são medidas essenciais no contexto brasileiro para a vigilância unificada de IRAS, almejando segurança e qualidade nos cuidados em saúde.

Fim do conteúdo da página