Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2016 > IS nº 01 > POLÍTICAS PÚBLICAS
Início do conteúdo da página

SAÚDE DO TRABALHADOR

Publicado: Terça, 01 de Março de 2016, 12h17 | Acessos: 1976

TRABALHADORES RURAIS; SAÚDE DA POPULAÇÃO RURAL

023
MOREIRA, Jessica Pronestino de Lima et al. A saúde dos trabalhadores da atividade rural no Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 31, n. 8, p. 1698-1708, ago. 2015. Disponível em: Scielo

A saúde do trabalhador é tema central em pesquisas de saúde pública, entretanto se deve considerar a especificidade das atividades exercidas. Objetiva-se analisar a saúde dos trabalhadores da atividade agrícola no Brasil, que possuem ocupação também agrícola ou não agrícola, por meio da autopercepção de saúde e morbidades referidas. Utilizou-se a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD 2008), incorporando as informações do plano amostral complexo. Selecionaram-se trabalhadores da atividade agrícola com 18 anos ou mais, estratificando em: os que possuíam ocupação agrícola e não agrícola. Foi realizada regressão logística para autopercepção de saúde e calculadas as razões de chances para as morbidades referidas. A ocupação agrícola diminui a chance de referir saúde como Boa e aumenta a chance de referir doença de coluna/costas, hipertensão arterial e artrite/reumatismo. Os trabalhadores com ocupação agrícola apresentam mais morbidades referidas e piores condições de vida. A autopercepção de saúde dos trabalhadores, em geral, foi melhor entre os ocupados não agrícolas.

Fim do conteúdo da página