Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2016 > IS nº 04 > ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
Início do conteúdo da página

ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

Publicado: Quarta, 05 de Outubro de 2016, 14h45 | Acessos: 1856

RECURSOS HUMANOS EM SAÚDE; GERÊNCIA

093
NUNES, Elisabete de Fátima Polo de Almeida; CARVALHO, Brigida Gimenez; NICOLETTO, Sônia Cristina Stefano; CORDONI JUNIOR, Luiz. Trabalho gerencial em Unidades Básicas de Saúde de municípios de pequeno porte no Paraná, Brasil. Interface: Comunicação, Saúde, Educação, Botucatu, v. 20, n. 58, p. 573-584, jul./set. 2016. Disponível em Scielo

Visando compreender como as dimensões organizacional, política e relacional afetam o cotidiano do trabalho gerencial em Unidades Básicas de Saúde de municípios de pequeno porte do norte do Paraná, realizou-se estudo qualitativo cujos dados foram obtidos por meio de grupos focais. O enfermeiro é o que mais desenvolve a função gerencial, porém, informalmente. O modelo gerencial verticalizado e autoritário predomina, e há fragilidade no exercício frente à autonomia e ao corporativismo de profissionais. Na dimensão política, interesses político-partidários sobrepõem-se às decisões gerenciais; e, na dimensão relacional, há manifestação de conflito, com desrespeito e disputas, mas, também, colaboração, com diálogo e trabalho em equipe. Nesses municípios, os processos gerenciais são pouco desenvolvidos, necessitando de profissionalização e oficialização do cargo, além do desenvolvimento de educação permanente.

Fim do conteúdo da página