Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2016 > IS nº 04 > CONSELHOS DE SAÚDE
Início do conteúdo da página

CONTROLE DE VETORES

Publicado: Quarta, 05 de Outubro de 2016, 15h10 | Acessos: 1694

 

AEDES AEGYPTI

097
ZARA, Ana Laura de Sene Amâncio et al. Estratégias de controle do Aedes aegypti: uma revisão. Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, v. 25, n. 2, p. 391-404, abr./jun. 2016. Disponível em Scielo

OBJETIVO: descrever as principais estratégias de controle do Aedes aegypti, com ênfase nas inovações tecnológicas promissoras para utilização no Brasil. MÉTODOS: trata-se de estudo de revisão não sistemática da literatura. RESULTADOS: diversas tecnologias têm sido desenvolvidas como alternativas no controle do Ae. aegypti, utilizando-se diferentes mecanismos de ação - como monitoramento seletivo da infestação, medidas sociais, dispersão de inseticidas, novos agentes de controle biológico e técnicas moleculares para controle populacional dos mosquitos -, considerando-se também a combinação entre elas. As tecnologias em desenvolvimento demandam avaliação da eficácia, viabilidade e custos para implementação como estratégias complementares às ações já preconizadas pelo Programa Nacional de Controle da Dengue. CONCLUSÃO: a integração de diferentes estratégias de controle vetorial compatíveis e eficazes, considerando as tecnologias disponíveis e as características regionais, parece ser um método viável para tentar reduzir a infestação dos mosquitos e a incidência das arboviroses transmitidas por eles.

Fim do conteúdo da página