Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2017 > IS nº 04 > DOENÇA CRÔNICA
Início do conteúdo da página

ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

Publicado: Segunda, 06 de Novembro de 2017, 16h27 | Acessos: 1068

INTERNATO E RESIDÊNCIA; EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

102
NORDI, Aline Barreto de Almeida; ACIOLE, Geovani Gurgel. Apoio matricial: uma experiência da residência multiprofissional em saúde. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 15, n. 2, p. 485-500, maio/ago. 2017. Disponível em Scielo

O trabalho aqui apresentado resultou de pesquisa documental, entrevistas semiestruturadas e grupo focal com as equipes de saúde, os apoiadores residentes e a gestão da atenção básica sobre a experiência de articulação entre as equipes de apoio matricial e referência em unidades de saúde da família, no contexto da reformulação do modelo assistencial em implantação em um município do interior paulista, no primeiro semestre de 2009. Os autores refletiram sobre a experiência com base em três dimensões: a compreensão inicial da proposta, o cotidiano de trabalho e os impactos no processo de trabalho do apoio matricial. Verificou-se que o apoio matricial apresentou problemas de entendimento da proposta e enfrentou a predominância de práticas curativas biologicistas e limites em relação à solução dos problemas da população. A integração entre os profissionais possibilitou pactuações conjuntas, o trabalho interdisciplinar e a construção de projetos terapêuticos comuns, ensejando perspectivas promissoras. Esperamos que esses achados subsidiem as discussões atuais sobre o planejamento e a gestão do apoio matricial no sistema local de saúde.

Fim do conteúdo da página