Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2018 > IS nº 03 > ACESSO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE
Início do conteúdo da página

ACESSO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE

Publicado: Segunda, 30 de Julho de 2018, 11h09 | Acessos: 716

PESQUISA SOBRE SERVIÇOS DE SAÚDE; ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE; SAÚDE DO IDOSO

061
PEDRAZA, Dixis Figueroa; NOBRE, Amanda Manuella Dantas; ALBUQUERQUE, Francisco José Batista de; MENEZES, Tarciana Nobre de. Acessibilidade às Unidades Básicas de Saúde da Família na perspectiva de idosos. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 23, n. 3, p. 923-933, mar. 2018. Disponível em Scielo

O objetivo deste artigo é avaliar a acessibilidade às Unidades Básicas de Saúde da Família na perspectiva dos idosos em um município do Nordeste brasileiro. Foram coletadas informações socioeconômicas e demográficas dos idosos e sua avaliação acerca da acessibilidade (organizacional, sociocultural e econômica) aos serviços oferecidos pela Estratégia Saúde da Família (ESF). Utilizou-se instrumento validado para avaliar a ESF pelos usuários em municípios paraibanos, o qual foi adaptado à população de idosos. Foi analisada a associação das variáveis socioeconômicas e demográficas com a avaliação da acessibilidade. Para a acessibilidade organizacional, idosos das classes econômicas inferiores apresentaram maior chance de emitir avaliação positiva aos horários de atendimento, e menor chance de avaliação positiva em relação à quantidade de atendimentos por dia e à facilidade em receber medicamentos. As mulheres apresentaram maior chance de avaliar positivamente a consulta com especialistas (acessibilidade econômica). A avaliação dos idosos mostra a existência de barreiras, principalmente na acessibilidade organizacional, que ainda persistem para a procura e a utilização dos serviços.

Fim do conteúdo da página