Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2019 > IS nº 04 > NEOPLASIAS DO COLO DO ÚTERO
Início do conteúdo da página

NEOPLASIAS DO COLO DO ÚTERO

Publicado: Terça, 15 de Outubro de 2019, 15h21 | Acessos: 66

CUSTOS E ANÁLISE DE CUSTO; CUSTO DA DOENÇA

107
SANTOS, Candice Lima; SOUZA, Ariani Impieri; FIGUEIROA, José Natal; VIDAL, Suely Arruda. Estimativa dos custos do tratamento do câncer do colo do útero invasivo no Brasil: um estudo de microcustos. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, Rio de Janeiro, v. 41, n. 6, p. 387-393, jun. 2019. Disponível em Scielo

Objetivo: O objetivo principal do presente estudo foi estimar os custos anuais por paciente do tratamento do câncer do colo do útero (CCU) invasivo em um centro de oncologia no Brasil, sob a perspectiva da sociedade, considerando os custos diretos médicos, diretos não médicos e indiretos. Métodos: Foi realizado um estudo descritivo de análise de custos, no qual os custos médicos diretos, não médicos diretos e indiretos foram coletados por meio de uma abordagem de microcustos, realizado entre maio de 2014 e julho de 2016 sob a perspectiva da sociedade. A população do estudo foi composta por mulheres diagnosticadas com CCU invasivo internadas em um hospital terciário em Recife, PE, Brasil. O custo anual por paciente foi estimado em termos de dólares americanos (US$) para o ano de 2016. Resultados: O custo anual do tratamento do CCU invasivo sob a perspectiva da sociedade foi de US$ 2.219,73 por paciente. Os custos médicos diretos foram responsáveis por 81,2% do valor total, dos quais a radioterapia e a quimioterapia ambulatorial tiveram a maior participação. Sob o pressuposto do caso base, o custo estimado para o orçamento nacional de um ano de tratamento do CCU invasivo na população brasileira foi de US$ 25.954.195,04. Conclusão: Foi encontrado um alto impacto econômico dos sistemas de saúde para o tratamento do CCU invasivo em uma região pobre do Brasil. Essas estimativas poderão ser aplicáveis em avaliações adicionais do custo-efetividade da prevenção e tratamento do CCU.

Fim do conteúdo da página