Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > 28/7: Dia Mundial de Luta contra Hepatites Virais
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

07/4 - Dia Mundial da Saúde - "Saúde Universal: para todas e todos, em todos os lugares"

  • Publicado: Sexta, 05 de Abril de 2019, 16h54
  • Última atualização em Sexta, 05 de Abril de 2019, 16h54

Este ano, o Dia Mundial da Saúde (WHD), celebrado todos os anos no dia 7 de abril, marca o fim das celebrações do 70º aniversário da Organização Mundial de Saúde. Na Região das Américas, estas celebrações estão focadas na saúde universal, sob o tema "Saúde universal: todos, em todos os lugares".

Na Região das Américas, a campanha está concentrada na equidade e solidariedade, abordando as barreiras ao acesso à saúde e aos serviços de saúde, com o objetivo de melhorar a compreensão da saúde universal e promover ações que contribuam para torná-la realidade.

Como expressão da Saúde para Todos no século XXI, a saúde universal requer o envolvimento de todos os setores da sociedade para combater a pobreza, a injustiça social, as lacunas educacionais e as más condições de vida, entre outros fatores que influenciam a saúde das pessoas.

Os tomadores de decisão podem:
 
- envolver-se em conversas estruturadas com as partes interessadas da comunidade, que são afetadas e essenciais para garantir a saúde universal;
- ouvir as demandas, opiniões e expectativas da população em relação à saúde universal, a fim de melhorar as respostas políticas;
- consultar a população através de diálogos face a face, pesquisas ou um referendo, entre outros métodos;
- colaborar com organizações de base e defender a saúde universal para explorar soluções viáveis.

Profissionais de saúde podem:
 
- discutir políticas intersetoriais para garantir a disponibilidade, acessibilidade, relevância e competência dos recursos humanos para a saúde universal;
- discutir as necessidades de equipes inter-profissionais qualificadas e motivadas, que são essenciais para atender às necessidades de saúde das pessoas onde quer que elas vivam;
- levantar suas vozes para que os trabalhadores de saúde possam desfrutar de um emprego estável e decente, pois isso fortalece tanto o sistema de saúde quanto o desenvolvimento social e econômico do país;
- criar movimentos que promovam acordos de alto nível entre os setores educacional e de saúde, a fim de alcançar padrões de qualidade na formação de profissionais de saúde, com base nas necessidades específicas da comunidade;
- defender que a perspectiva de gênero seja incorporada nos novos modelos organizacionais e na contratação nos serviços de saúde.

Pessoas e comunidades podem:
 
- levantar suas vozes para exercer seu direito à saúde e organizar movimentos nacionais em direção à saúde universal;
- comunicar suas necessidades, opiniões e expectativas a políticos locais, ministros e outros representantes públicos;
- fazer-se ouvir através das mídias sociais para garantir que as necessidades de saúde da comunidade - e outras necessidades - sejam levadas em consideração e priorizadas no nível local;
- convidar organizações da sociedade civil para ajudar a levantar as necessidades da comunidade com os formuladores de políticas;
- compartilhar suas histórias, como comunidades e pessoas afetadas, com a mídia;
- organizar atividades como fóruns de discussão, debates sobre políticas, shows, marchas e entrevistas para proporcionar às pessoas a oportunidade de interagir com seus representantes sobre o tema da saúde universal através da mídia de massa e das mídias sociais;
- recomendar que os governos implementem estratégias para motivar as equipes de saúde, usando incentivos econômicos, desenvolvimento profissional e medidas de qualidade de vida para incentivá-los a permanecer em áreas remotas e negligenciadas.

A mídia pode:
 
- destacar iniciativas e intervenções que ajudem a melhorar o acesso a serviços de qualidade e proteção financeira para pessoas e comunidades;
- mostrar o que acontece quando as pessoas não conseguem obter os serviços de que precisam;
- responsabilizar formuladores de políticas e políticos, por exemplo, através de documentários sobre os compromissos que assumiram com a saúde universal, enfocando pontos fortes, pontos fracos e novos desafios a serem enfrentados (por exemplo, aumento de doenças não transmissíveis ou envelhecimento da população);
- criar plataformas de diálogo entre beneficiários, comunidades, seus representantes políticos e formuladores de políticas, por exemplo. através de debates, entrevistas, etc.


Fontes:

Organização Mundial da Saúde
https://www.who.int/campaigns/world-health-day/world-health-day-2019

Organização Panamericana da Saúde
https://www.paho.org/hq/index.php?option=com_content&view=article&id=12933:world-health-day&Itemid=72498&lang=en

registrado em:
Fim do conteúdo da página