Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > "Quanto antes melhor": outubro rosa, mês de conscientização sobre o câncer de mama
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

17/10 – Dia Nacional da Vacinação

  • Publicado: Sexta, 16 de Outubro de 2020, 19h02
  • Última atualização em Sexta, 16 de Outubro de 2020, 19h23

A data foi criada pelo Ministério da Saúde com o objetivo de promover uma reflexão sobre a importância das vacinas para evitar doenças e salvar vidas. Muitas enfermidades deixaram de ser um problema de saúde pública no Brasil, graças às estratégias de vacinação promovidas pelo Programa Nacional de Imunizações.

Poliomielite, rubéola e tétano neonatal são alguns exemplos de doenças que, com o surgimento das vacinas, desapareceram da nossa história. Mas, infelizmente, parte da população desconhece a importância da vacinação e, ao acreditar em notícias falsas com informações sem embasamento científico, fizeram surgir um movimento contrário a vacinação, provocando um cenário de queda da cobertura vacinal no Brasil e acendido alertas sobre o risco da reintrodução dessas doenças em todo o país, como é o caso do sarampo.

A Sociedade Brasileira de Imunologia publicou em setembro de 2020 uma Nota Técnica reforçando a importância da vacinação, pois ela é um dos maiores progressos da área biomédica na prevenção e controle das doenças infectocontagiosas.

O programa de vacinação é uma das estratégias que mais impactaram na saúde pública nos últimos 100 anos, reduzindo drasticamente o número de óbitos por doenças infecciosas. A vacinação serve para evitar uma doença ou minimizar seus efeitos em um indivíduo.

Atualmente, temos vacinas contra a tuberculose, difteria, tétano, febre amarela, poliomielite, sarampo, caxumba, rubéola, hepatite B, papilomavírus, entre outras. Estas vacinas salvam milhões de vidas, tendo grande impacto social e econômico, mundialmente.

Não é surpresa que as vacinas tenham emergido como a grande esperança no controle da Covid-19 e que cientistas de todo o mundo estão em busca de mais informações e avançando rapidamente em novas tecnologias e também nos testes clínicos de potenciais vacinas contra o Sars-CoV-2.

Caso uma vacina com alta eficácia seja aprovada e venha a ser distribuída, poderá ter grande impacto controlando a transmissão do novo coronavírus e permitindo a regularização de nossas atividades do dia a dia. Para isto, é fundamental uma grande aderência a uma possível campanha nacional de vacinação.

No Brasil, o Calendário Nacional de Vacinação contempla não só as crianças, mas também adolescentes, adultos, idosos, gestantes e povos indígenas. Ao todo, são disponibilizadas 19 vacinas para mais de 20 doenças, cuja proteção se inicia nos recém-nascidos, podendo se estender por toda a vida.

Conheça o calendário de vacinação brasileiro, por faixa etária:

Calendário de vacinação da criança

Calendário de vacinação do adolescente

Calendário de vacinação do adulto/idoso

Calendário de vacinação da gestante

Calendário de vacinação dos povos indígenas

 

Nesse sábado, 17/10, Dia Nacional de Vacinação, é o Dia D do movimento Vacina Brasil. Crianças de 1 a menores de 5 anos e jovens de 15 anos devem procurar os postos de vacinação em todo o país!

Fontes:

Blog da Saúde do Ministério da Saúde
Ministério da Saúde
Sociedade Brasileira de Imunologia

registrado em:
Fim do conteúdo da página