Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2018 > IS nº 02 > RESÍDUOS SÓLIDOS
Início do conteúdo da página

ORGANIZAÇÕES EM SAÚDE

Publicado: Terça, 08 de Maio de 2018, 15h22 | Acessos: 267

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE; PRIVATIZAÇÃO

048
TRAVAGIN, Letícia Bona. O avanço do capital na saúde: um olhar crítico às Organizações Sociais de Saúde. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 41, n. 115, p. 995-1006, out./dez. 2017. Disponível em Scielo

O objetivo deste artigo foi oferecer uma visão crítica à gestão da saúde pública via Organizações Sociais, entendendo-as como parte do processo de desestruturação da proteção social em um contexto de reforço ao capital. O texto considera a interação entre Estado e capital, as críticas internacional e nacional aos Estados sociais e, sobretudo, uma série de problemas intrínsecos às Organizações Sociais. Metodologicamente, vale-se de revisão e organização de literatura relevante e de textos legislativos. Conclui-se que este mecanismo de gestão consiste em privatização da saúde pública, favorecendo a expansão do setor privado de saúde, em detrimento do sistema público.

Fim do conteúdo da página