Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > Ministério da Saúde lança versão digital do Cartão SUS
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Saúde para todos: 12/12 – Dia da Cobertura Universal de Saúde

  • Publicado: Sexta, 11 de Dezembro de 2020, 19h02
  • Última atualização em Sexta, 11 de Dezembro de 2020, 19h02

A data, também chamada de Dia da Saúde Universal, marca o aniversário do endosso histórico e unânime da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2012, da cobertura universal de saúde (UHC, da sigla em inglês) como uma prioridade essencial para o desenvolvimento internacional. Desde então, tornou-se o ponto de encontro anual para o crescente movimento pela saúde para todos, cujo objetivo principal é aumentar a conscientização sobre a necessidade de sistemas de saúde fortes, equitativos e resilientes.

A cobertura universal de saúde é baseada no princípio de que todos, em todos os lugares, devem ter acesso a serviços essenciais de saúde de qualidade, sem sofrer dificuldades financeiras. É uma meta que permeia todas as metas de saúde e é um farol de esperança para um mundo mais saudável e igualitário.

A Organização Panamericana de Saúde (OPAS)/Organização Mundial da Saúde (OMS) apoia esta campanha como parte de seus esforços para avançar rumo ao acesso universal à saúde e à cobertura universal na Região das Américas, em colaboração com seus Estados Membros.

A Campanha para 2020 quer lembrar ao mundo que a saúde para todos não é um desejo de longo prazo, mas uma prioridade urgente para acabar com esta crise e emergir mais forte. Considerando o desafio global que enfrentamos atualmente, o tema e a narrativa principal deste ano é: ‘Saúde para todos: proteger a todos. Para acabar com esta crise e construir um futuro mais seguro e saudável, devemos investir em sistemas de saúde que nos protejam a todos - agora ”.

A escolha não é entre segurança sanitária ou cobertura universal de saúde: sistemas fortes e equitativos, baseados na atenção primária à saúde e direitos humanos, são necessários para ambos. É fundamental não esperar até que a crise passe para acelerar os compromissos políticos e financeiros para alcançar a cobertura universal de saúde. Em vez disso, os líderes devem priorizar os investimentos em sistemas de saúde que protejam a todos, respondam a emergências e não deixem ninguém para trás no futuro.


Fontes:

Organização Panamericana de Saúde (OPAS)

Universal Health Coverage

registrado em:
Fim do conteúdo da página