Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Dicas em Saúde > Câncer do colo do útero
Início do conteúdo da página

Hemorroidas

Publicado: Segunda, 12 de Junho de 2017, 11h27 | Acessos: 6065

Hemorroidas são veias ao redor do ânus ou do reto que se inflamam ou dilatam. Durante o movimento intestinal, essas veias dilatam-se e retraem-se, geralmente voltando ao tamanho normal. No entanto, o esforço repetido para evacuar, seja por intestino preso (obstipação) ou fezes endurecidas, pode dificultar o processo de drenagem do sangue e provocar a formação de hemorroidas.

As hemorroidas podem ser externas ou internas. Quando externas, assemelham-se às varizes ou a pelotas de sangue e são visíveis na borda do ânus. Quando internas, localizam-se acima do esfíncter anal e causam sintomas mais agudos.

Causas:

- obstipação, vulgarmente conhecida como prisão de ventre;
- gravidez: em virtude da pressão que o feto exerce sobre as veias da parte inferior do abdome;
- obesidade: o excesso de peso também aumenta a pressão nas veias abdominais;
- vida sedentária: diminui o estímulo para a digestão dos alimentos e a irrigação sanguínea do ânus;
- componente genético: casos de hemorroidas na família podem indicar predisposição para desenvolver a doença, porém, é possível o seu desenvolvimento sem que haja precedentes familiares;
- dieta pobre em fibras e pouca ingestão de líquidos;
- sexo anal: pode produzir fissuras numa região que tem muitos vasos sanguíneos.

Sintomas:

- coceira provocada por inchaço das veias - aumenta a tensão sobre as terminações nervosas;
- sangramento resultante do rompimento das veias anais (sinais de sangue aguado ou manchas de sangue perceptíveis na roupa íntima ou no papel higiênico);
- dor ou ardor durante ou após a evacuação;
- saliência palpável no ânus.

Tratamento:

O tratamento para as hemorroidas pode ser:
- tópico ou local, com pomadas e supositórios;
- cirúrgico, para retirada das veias doentes (hemorroidectomia). Por vezes, apenas a punção do coágulo que entope o vaso hemorroidário pode resolver o problema sem cirurgia;
- ligadura elástica: técnica que consiste no estrangulamento da veia afetada.

Prevenção:

- evite o papel higiênico que irrita e aumenta a inflamação. Lave a região anal e seque com toalha de algodão;
- procure adotar uma dieta saudável à base de alimentos ricos em fibras e frutas frescas;
- beba muito líquido, porém evite as bebidas alcoólicas;
- respeite a necessidade de evacuar;
- lembre-se: banheiro não é biblioteca. Permaneça sentado no vaso sanitário somente o tempo necessário para evacuar. Se não conseguir naquele momento, tente mais tarde. Procure relaxar. Muito esforço afetará as veias que podem já estar enfraquecidas;
- evite permanecer muito tempo na mesma posição. Caminhe sempre que possível, inclusive no local de trabalho;
- banhos de assento mornos e compressas de gelo ajudam a aliviar os sintomas e a eliminar o inchaço.

Advertência:

Hemorroidas não costumam constituir um problema muito sério de saúde. Entretanto, procure imediatamente assistência médica nos seguintes casos:
- sangramento anal intenso acompanhado ou não de fezes;
- sangramento que persiste por uma semana ou mais;
- endurecimento da saliência externa que se formou no ânus.


IMPORTANTE: Somente médicos e cirurgiões-dentistas devidamente habilitados podem diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. As informações disponíveis em Dicas em Saúde possuem apenas caráter educativo.

Dica elaborada em março de 2.017.


Fontes:
Dr. Dráuzio Varella
Sociedade Brasileira de Coloproctologia

registrado em:
Fim do conteúdo da página