Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2012 > IS nº 02 > SISTEMA DE SAÚDE - CUBA
Início do conteúdo da página

SAÚDE MENTAL

Publicado: Quarta, 13 de Maio de 2015, 11h48 | Acessos: 1358

CRIANÇAS; ADOLESCENTES; POLÍTICA DE SAÚDE

041
SANTOS, Danielle Christine Moura dos; JORGE, Maria Salete Bessa; FREITAS, Consuelo Helena Aires de; QUEIROZ, Maria Veraci Oliveira. Adolescentes em sofrimento psíquico e a política de saúde mental infanto-juvenil. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 24, n. 6, p. 845-850, 2011. Disponível em Scielo

O presente estudo é uma revisão de literatura dos artigos publicados a respeito da saúde mental de adolescentes no Brasil, entre janeiro de 2005 e abril de 2010. Os unitermos utilizados nos sites LILACS e SciELO foram: saúde mental, adolescentes, cuidado e produção do cuidado. Foram analisados 35 artigos, empregando-se a técnica de análise do conteúdo. Os estudos mostrarem ser indispensável reconhecer que o adolescente em sofrimento psíquico é um sujeito e que vive em um contexto subjetivo. Desta forma, as propostas de transformação não terão o alcance necessário às necessidades e demandas desses indivíduos sem uma articulação efetiva entre os diversos setores, trabalhadores de saúde, usuários e família. Neste debate, ainda são poucas as publicações que abordam as novas experiências, o redimensionamento do ato clínico, a clínica ampliada ou a produção do cuidado na atenção à saúde mental destes sujeitos.

Fim do conteúdo da página