Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2015 > IS nº 01 > AVALIAÇÃO EM SAÚDE
Início do conteúdo da página

HÁBITO DE FUMAR

Publicado: Segunda, 11 de Maio de 2015, 17h09 | Acessos: 1675

CIGARRO ELETRÔNICO; NICOTINA

012
KNORST, Marli Maria; BENEDETTO, Igor Gorski; HOFFMEISTER, Mariana Costa; GAZZANA, Marcelo Basso. Cigarro eletrônico: o novo cigarro do século 21? Jornal Brasileiro de Pneumologia, São Paulo, v. 40, n. 5, p. 564-572, set./out. 2014. Disponível em Scielo

O cigarro eletrônico é um sistema eletrônico de liberação de nicotina que está gerando controvérsias, tanto entre a população quanto entre profissionais da saúde. O uso crescente do cigarro eletrônico é observado em tabagistas de diversos países, tanto para auxiliar na cessação do tabagismo quanto como substituto do cigarro convencional. Dados sobre a segurança do uso do cigarro eletrônico são limitados. Do mesmo modo, até o momento, não há evidências de que o cigarro eletrônico seja efetivo para tratar a adição à nicotina. Usuários relataram usar o cigarro eletrônico por mais de um ano, frequentemente combinado com o cigarro convencional, prolongando assim a dependência de nicotina. Ainda, o uso crescente do cigarro eletrônico por adolescentes gera preocupação. Neste artigo é feita uma descrição do cigarro eletrônico e de seus constituintes, assim como são revistos os dados disponíveis sobre segurança, impacto na iniciação e na cessação do tabagismo, e questões relacionadas à regulação do uso do cigarro eletrônico.

Fim do conteúdo da página