Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2018 > IS nº 03 > NEOPLASIAS DA PRÓSTATA
Início do conteúdo da página

ENFERMAGEM

Publicado: Segunda, 30 de Julho de 2018, 12h18 | Acessos: 499

PESQUISA DE ENFERMAGEM; PRÁTICA PROFISSIONAL

073
LINO, Monica Motta et al. Pesquisa em enfermagem: Brasil e Portugal na construção da identidade profissional. Texto & Contexto: Enfermagem, Florianópolis, v. 27, n. 1, e6550015, 2018. Disponível em Scielo

Objetivo: compreender a construção da identidade profissional na pesquisa em enfermagem de Brasil e de Portugal segundo a percepção de seus pesquisadores, adotando-se Gaston Bachelard como referencial teórico. Método: pesquisa descritiva, exploratória, de abordagem qualitativa, realizada no Brasil e Portugal. Adotou-se entrevista semiestruturada com 17 enfermeiros pesquisadores de ambos os países, com experiência em pesquisa científica e título de doutorado e/ou pós-doutorado. A análise dos dados obedeceu a seguinte ordem: fase exploratória, seleção das unidades de significado e processo de codificação das unidades de análise com a respectiva construção de categorias não-apriorísticas. Resultados: emergiram duas categorias para discussão: Objeto e linhas de pesquisa em enfermagem; e, Atitude política dos pesquisadores. Conclusão: as fragilidades na construção da identidade profissional precisam ser rompidas a partir do desenvolvimento de investigações experimentais, com respostas imediatas aos serviços de saúde e que atendam às demandas sociais. Profissional satisfeito é o maior marketing da profissão. Por meio da qualificação profissional na enfermagem será possível ocupar melhores cargos e desenvolver com maior propriedade o papel de liderança e a atitude política.

Fim do conteúdo da página