Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Edições 2020 > IS nº 03 > ACIDENTES DE TRABALHO
Início do conteúdo da página

ACIDENTES DE TRABALHO

Publicado: Quarta, 15 de Julho de 2020, 11h50 | Acessos: 86

MORTALIDADE OCUPACIONAL; INDÚSTRIA DE PETRÓLEO E GÁS; SAÚDE DO TRABALHADOR; ERGOLOGIA

063
GUIDA, Hilka Flavia Saldanha; FIGUEIREDO, Marcelo Gonçalves; HENNINGTON, Élida Azevedo. Acidentes de trabalho fatais em empresa brasileira de petróleo e gás: análise da política de saúde e segurança dos trabalhadores. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 25, n. 5, p. 1819-1828, maio 2020. Disponível em Scielo

Este artigo analisa e discute as alterações da política de saúde e segurança (PSS) de uma empresa de petróleo e gás brasileira, a partir da ocorrência de um acidente ampliado em 2001, buscando compreender as repercussões destas mudanças no dia a dia dos trabalhadores. Trata-se de pesquisa de método misto com triangulação de informações epidemiológicas, pesquisa documental e abordagem qualitativa. O acidente com a plataforma de petróleo em 2001(RJ) foi considerado marco no processo de mudanças na PSS dessa empresa. Inúmeras ações e programas foram implementados e os investimentos na área de saúde e segurança aumentaram substancialmente. Identificou-se que tais iniciativas tiveram limitada participação dos trabalhadores no seu planejamento e elaboração, não priorizaram os problemas mais críticos e a ênfase se deu na instituição de normativas e auditorias para avaliação do cumprimento do estabelecido na prescrição. Por fim, observou-se que a aprendizagem sobre os acidentes do trabalho graves ou fatais é incipiente e não estruturada e que o sistema de consequências acarreta aos trabalhadores medo e insegurança, culpabilizando, em geral, o acidentado pela ocorrência, sem considerar os múltiplos fatores que influenciam e condicionam o acidente.

 

Fim do conteúdo da página