Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

EDUCAÇÃO MÉDICA

Publicado: Segunda, 18 de Maio de 2015, 17h15 | Acessos: 1819

ASSISTÊNCIA INTEGRAL À SAÚDE

099
HAFNER, Maria de Lourdes Marmorato Botta et al. A formação médica e a clínica ampliada: resultados de uma experiência brasileira. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 15, supl. 1, p. 1715-1724, 2010. Disponível em Scielo

Trata-se de um estudo qualitativo que faz parte de uma pesquisa de avaliação de um curso de medicina com o uso de metodologias ativas de ensino-aprendizagem, baseada na triangulação de métodos. O objetivo é avaliar resultados relacionados ao conceito de clínica ampliada. As fontes de informação utilizadas no estudo abrangem dezessete entrevistas semiestruturadas com egressos e uma situação que simulava a prática médica, da qual participaram sete egressos e uma paciente simulada. A análise das informações e a produção dos dados baseiam-se no método de interpretação de sentidos, segundo referencial da hermenêutica-dialética. Os resultados apontam aspectos que fundamentam a clínica ampliada, evidenciados em duas temáticas: a relação médico-paciente e abordagem do paciente. Em termos de conclusão, observa-se que o curso de medicina avaliado se aproxima da formação do médico generalista, humanista, crítico e reflexivo, que pode intervir tanto nos diferentes níveis de atenção de saúde quanto no enfoque individual e coletivo. Conclui-se, ainda, que há limites para a efetivação de uma clínica ampliada nos diversos cenários de saúde.

Fim do conteúdo da página